Pafil

Clothing Industry

Pafil | Projetos
Quem somos e o que defendemos está relacionado com a nossa experiência na área têxtil, o nosso espírito inovador e as pessoas com quem trabalhamos.
.textil .sonhos .vestimos .ideias .inovação .soluções .inovadoras .detalhe .design .produção
20516
page-template-default,page,page-id-20516,soho-core-1.0.4,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-6.4.2,vc_responsive
 

Projetos

Na nossa visão, existem e sempre existirão produtos totalmente novos que têm de ser estudados, desenvolvidos e produzidos com uma atitude inovadora.

Por esse motivo, participamos em projetos que visam oferecer produtos e experiências sustentáveis e diferenciadores.

 

TexBoost – Less Commodities more Specialities

(Projeto n.º 24523)

Objetivo: O projeto mobilizador TexBoost – Less Commodities more Specialities é um projeto estruturante do Cluster Têxtil: Tecnologia e Moda, que tem o objetivo de englobar um conjunto de iniciativas de I&D de forte carater coletivo e elevado efeito indutor e demonstrador, com o envolvimento central de empresas da fileira Têxtil e Vestuário, mas também de outros sectores da economia complementares. Tem como promotor líder a RIOPELE, sob a coordenação técnica do CITEVE, e estrutura-se em 5 PPS (Produtos, Processos e Serviços) técnicos que visam o desenvolvimento de soluções inovadoras em diferentes áreas e um PPS de gestão.

Aprovação:

Data de início: 01 de julho de 2017

Data fim: 30 de junho de 2020

Estrutura do Projeto:

Atividades e Resultados esperados:

O TexBoost está organizado em 6 PPS’s (um dos quais de gestão, divulgação e exploração dos resultados) construídos a partir de 50 atividades nucleares das quais resultarão 17 novas soluções.

As principais atividades do projeto são:

  • Desenvolver uma nova geração de soluções têxteis, em que o seu grau de inovação é radical face aos produtos existentes (análise do Estado da Arte), incluindo a geração de novos conhecimentos científicos.
  • Desenvolver produtos e processos altamente inovadores, com recurso a tecnologias emergentes e de ponta que irão permitir novas experiências aos consumidores e às empresas participantes em cada PPS.
  • Facilitar o acesso pelas empresas envolvidas a novos mercados/ áreas de negócio ou o reforço dos atuais mercados/ áreas de negócio, tanto a nível nacional como internacional.

Consórcio:

– RIOPELE Têxteis, S.A.

– Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal

– Associação C.C.G. / ZGDV – Centro de Computação Gráfica

– P & R – Têxteis, S.A.

– L.M.A. – Leandro Manuel Araújo, S.A.

– PLUX – Wireless Biosignals, S.A.

– INESC-TEC

– PAFIL – Confecções, Lda

– Fitexar – Fibras Têxteis Artificiais, S.A.

– Têxtil António Falcão, S.A.

– A. SAMPAIO & Filhos – Têxteis, S.A.

– TINAMAR – Tinturaria Têxtil, S.A.

– Polisport Plásticos, S.A.

– ERT Têxtil Portugal, S.A.

– CeNTITVC – Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes

– ONWORK Technical and Functional Wear, Lda

– Leandro Magalhães de Araújo (Filhos), Lda

– Possible Answer, S.A.

– ICETA – Instituto de Ciências, Tecnologias e Agroambiente da Universidade do Porto

– Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto

– Faculdade de Ciências da Universidade do Porto

– Faculdade de Desporto da Universidade do Porto

– FITECOM – Comercialização e Industrialização Têxtil, S.A.

– F.D.G. – Fiação da Graça, S.A.

– Universidade da Beira Interior

– COLTEC – Neves & Companhia, Lda

– TMG – Tecidos para Vestuário e Decoração, S.A.

– INEGI – Instituto de Ciência e Inovação em Engenharia Mecânica e Engenharia Industrial

– SIMOLDES – Plásticos, S.A.

– BORGSTENA Textile Portugal, Unipessoal Lda

– Instituto de Telecomunicações

– Armando da Silva Antunes, S.A.

– FILASA – Fiação Armando da Silva Antunes, S.A.

– DAMEL – Confecção de Vestuário, Lda

– Associação Fraunhofer Portugal Research

– SEDACOR – Sociedade Exportadora de Artigos de Cortiça, Lda

– TINTEX – Textiles, S.A.

– Têxteis Penedo, S.A.

– SOMELOS Tecidos, S.A.

– Universidade do Minho

– Oldtrading, S.A.

– Universidade Católica Portuguesa

– C.T.I.C. – Centro Tecnológico das Industrias do Couro

Designação do projeto| Mudança e Inovação

Código do projeto | POCI-03-3560-FSE-038171

Objetivo principal | Reforçar a competitividade das PME

Região de intervenção | Santa Maria da Feira – Norte

Entidade beneficiária | PAFIL – Confecções, Lda

Data de aprovação| 23-03-2018

Data do início| 22-05-2018

Data de conclusão| 10-03-2020

Custo total elegível| 140.574,14 euros

Apoio financeiro da União Europeia| FSE – 67.820,00 euros

Objetivos vs Resultados a alcançar| Alguns dos objetivos são:

  • Capacitar os colaboradores p/otimizar os métodos de trabalho por posto de trabalho, ao nível da costura industrial;
  • A correta organização dos trabalhos em termos de produtos específicos e distribuição equitativa do trabalho;
  • Garantir um controlo da qualidade que possibilite a redução de custos de não conformidade;
  • Assegurar o planeamento geral e setorial p/a subcontratação em função da sistematização da capacidade de produção interna e controlo

De forma a alcançar vários resultados, nomeadamente:

  • Otimizar a capacidade produtiva pela melhoria e inovação nos processos e métodos de trabalho de preparação à confeção e confeção, garantindo-se uma maior qualidade dos produtos e produtividade, p/a resposta às necessidades e exigências dos clientes e alargamento da base exportadora.
  • Processos de Organização/Gestão: otimizar a capacidade produtiva pelo incremento de competências ao nível do planeamento e gestão;
  • Otimizar o novo software de gestão produtiva p/o alcance dos objetivos da organização;FIM

INOVAPAFIL

Código do projeto | POCI-02-08B9-FEDER-071753

Objetivo principal| OT 3 – Reforçar a competitividade das PME

Região de intervenção | NORTE

Entidade beneficiária | PAFIL – Confecções, Lda

Data de aprovação | 19-08-2020

Data de início | 20-08-2020

Data de conclusão | 19-10-2020

Custo total elegível | 504.810,06 EUR

Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 328.126,54 EUR

Objetivo:

Implementação de uma linha de produção de dispositivos médicos descartáveis e adaptação de linha de produção para o desenvolvimento de dispositivos médicos reutilizáveis para o combate à COVID-19

Covitec4Life – Covid Protective Clothing for Life

Código do projeto | POCI-01-02B7-FEDER-049277

Objetivo principal| OT 1 – Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção | NORTE

Entidade beneficiária | TINTEX – Textiles, S.A

Copromotores | Neves & Companhia, Lda; PAFIL-Confeções, Lda; Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal – CITEVE

Data de aprovação | 26-05-2020

Data de início | 01-06-2020
Data de conclusão | 30-11-2020

Custo total elegível | 336.364,48 EUR

Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 269.091,59 EUR

Síntese

O Projeto Covitec4Life tem como objetivo o desenvolvimento de uma linha inovadora de DM e EPIs de base têxtil reutilizáveis para a proteção dos profissionais de saúde expostos aos agentes infeciosos COVID 19 ou a outros agentes patógenicos existentes em ambiente hospitalar. Os novos produtos deverão manter as suas propriedades de proteção inalteradas durante o seu ciclo de vida, tendo por base o cumprimento dos requisitos de desempenho dos métodos de ensaio das normas EN 13795-1:2019 no âmbito da Diretiva 93/42/CEE Dispositivos Médicos, EN 14605:2005+A1 e EN 14126:2016, no que concerne a resistência à penetração por líquidos contaminados sob pressão, resistência mecânica e resistência à penetração de bactérias.

No Covitec4Life serão abordadas duas linhas de I&D de impermeabilização dos substratos têxteis diferenciadoras no contexto da proteção dos profissionais expostos à COVID 19, distinguindo-se pelo conforto melhorado, sustentabilidade e menor impacto ambiental:

– I&D de aditivos, formulações e processos de revestimentos têxteis poliméricos de base aquosa de elevado desempenho na proteção a líquidos e agentes infeciosos, numa perspetiva de gerar novas soluções impermeáveis para o desenvolvimento de DM/EPIs;

– I&D de membranas e processos hotmelt de laminação impermeáveis e respiráveis, via alternativa e complementar à anterior, que recorrerá a soluções 100% poliméricas, sem necessidade de secagem nem fixação, fator diferenciador ao nível do processamento e impacto ambiental, com vista a gerar soluções têxteis reutilizáveis e que cumpram com os requisitos.

Adicionalmente espera-se que as novas soluções assentem no conceito de ecodesign e numa ergonomia melhorada das peças de vestuário, como via de incrementar a mobilidade e o conforto dos profissionais, estados essenciais para o bom desempenho das suas atividades.

A higienização dos DM/EPIs é também um aspeto fundamental e determinante para o sucesso da reutilização dos mesmos, e nesse sentido serão alvo de I&D as condições ideais de conservação e limpeza.

Serão avaliados os impactes ambientais das novas soluções, Lyfe Cycle Assessment, e será preparada a certificação/ homologação dos produtos, o que potenciará o seu reconhecimento e credibilidade perante o utilizador final. Este projeto é radicalmente inovador pelo que será estudada a patenteabilidade das novas soluções.

A TINTEX – Textiles, S.A., líder e promotora do projeto, reuniu um consórcio que conta com três parceiros – as empresas Neves & Companhia, Lda, PAFIL-Confeções, Lda e o CITEVE, para garantir o sucesso do desenvolvimento das soluções propostas neste projeto.

Atividades e Resultados esperados

As atividades do projeto são:

A1 – Atividade transversal, que visa a coordenação técnica, administrativa e financeira

A2 – Aquisição de novos conhecimentos, vigilância tecnológica e levantamento do estado da arte

A3 – I&D de aditivos, polímeros, membranas impermeáveis e respiráveis, processos de revestimento de base aquosa e laminação de membrana, design e ergonomia dos DM/EPIs, processo de integração e montagem para desenvolvimento de provas de conceito, e condições de higienização

A4 – Construção e otimização dos protótipos, scale-up dos resultados das atividades de I&D para ambiente industrial

A5 – Testes, ensaios e validação

A6 – Definição da estratégia de comercialização/exploração de resultados e realização de ações de comunicação e disseminação

Os produtos resultantes consistem em substratos têxteis revestidos pelas tecnologias de laminação hotmelt e por revestimentos de base aquosa com a finalidade de desenvolvimento de peças de vestuário DM/EPIs reutilizáveis e com características melhoradas de conforto, mantendo as propriedades de proteção contra agentes infeciosos como a COVID 19 ou outros agentes patógenicos existentes em ambiente hospitalar. Estes incluem, como peças mais relevantes, a bata cirúrgica, o coverall, a cógula e ainda os manguitos, perneiras, cobre botas e cobre sapatos. As condições de higienização são um resultado importante.